quarta-feira, 21 de abril de 2010

Palavras ao vento, e o meu eu de agora

Jogando palavras fora, ao vento!
Bem, não venho tão inspirado como gostaria.
Ontem quis criar um segundo post, como fazia em 2009, assim do nada, mas em vão, pois não consegui.
Acho que estou com depressão, por isto e por outras coisas.
Apenas acho isto.

Venho me sentindo estranho, pois sempre adorei a internet, meu vício, mas nem ela vem resolvendo meus problemas, ela que era o meu relax, pelo jeito não está sendo mais.
Eu sinto que preciso sair, ver um lugar novo, respirar ar puro, e tenho certeza que não é aqui, sentado nesta cadeira que vou recuperar-me seja lá do que venho sentindo.
Não é problema de saúde, ou eu acho que não, mas uma sensação estranha no peito relativa ao meu momento.
Se nem a internet ou a música, ou ver um filme, se nem estar em família vem resolvendo, e se todos os dias vem sendo iguais pra mim, é porque tem alguma coisa.
Nunca gostei de sair, de viajar, e mesmo que não queira ir longe, quero sair por aqui, fotografar muito, caminhar um pouco, ver coisas novas, me sentir vivo de novo, porque como está venho me sentindo estranho, nunca foi assim, nunca!
E o mais difícil para mim é sempre dar o primeiro passo pra qualquer coisa, o primeiro passo.
O que para alguns é assim tão fácil, faz parte da vida, para mim parece um inferno.
Por quê?
Às vezes bate também uma tristeza, mas acho que não passa de um momento, estes dias, ou de algo que inconscientemente vem me incomodando.
Será?

Adoro escrever, fotografar, olhar filmes, mas nem isto, amigos, nem isto!
Pode ser mesmo uma fase, e acho que é, mas vai passar, e com certeza não foi o meu melhor post, nem o meu melhor dia, então desculpem-me por ele.

Abraços a todos e bom feriado!




2 comentários:

Renata Galbine disse...

Mauro...
Acabei de ler esse seu post...
Eu fiquei angustiada e ao mesmo tempo aliviada...
Me senti angustiada por saber que você está assim, sentindo tudo o que vem sentindo...
Mas me senti aliviada por te achar muito lúcido da sua própria situação e o mais importante: Esperançoso! Acreditando que isso é passageiro e que realmente vai passar!
Se você não tivesse dito isso na escrita do Post, eu ia falar naturalmente...
Eu acredito que isso vai passar, SIM! E para que isso passe é muito importante você ter dentro de você mesmo tudo isso que escreveu, de fato... Que vai passar, que você está tentando fazendo coisas que sempre fez e te fizeram bem (Ficar na internet, ouvir música, assistir filmes, e etc.!), e fazer alguma coisa nova, diferente, para que você se sinta bem, se sinta melhor, se sinta VIVO! Se ficar na internet não tem sido tão prazeroso como antes, se ouvir música, assistir filmes não tem te distraído tanto, se ficar com amigos e familiares não tem preenchido você por completo, como antes... Tudo bem, isso acontece, não se desespera e nem se culpa por isso! Você disse que nunca foi muito de viajar, mas, talvez, fosse legal você dar uma viajada, mas não de cara... Arrumar as malas e semana que vem já sair pra viajar... Porque, na minha opinião, nesses momentos, a gente fica muito vulnerável, querendo estar perto de tudo o que é nosso, coisas pequenas, mas significativas... Nosso quarto, nossos pertences, nosso silêncio, nosso tempo! E viajando você deixaria tudo isso pra trás por uns dias... Por que não tenta fazer alguma coisa que te faça sentir IMPORTANTE?!! Que faça VOCÊ sentir orgulho de VOCÊ mesmo?!! Por exemplo... Ajudar alguém, visitar um lar, um azilo, um hospital... Não sei! Mas alguma coisa que você possa ajudar, nem que seja com GESTOS, carinho, atenção...
Ver como existem pessoas em condições tão piores e mais difíceis do que nós...
E tentar ajudar de alguma forma, não necessariamente MATERIAL, mas sim SENTIMENTAL, que, muitas vezes, vale muito mais... O que você acha?!!
Tenta fazer alguma coisa que te faça se sentir IMPORTANTE! Sinta orgulho de você!
Fica bem, melhoras!

Luciana disse...

Oi Mauro
Pode ser um principio de depressão ou quem sabe tu deve estar entediado com a vida que tu está levando não sou a melhor pessoa para aconselhar, mas tenho meus momentos tbém adoro filmes mas nem sempre estou com vontade de assistir mas procuro fazer um esforço e ai depois eu acabo relaxando minha terapeuta diz que é sempre um primeiro passo mesmo que tu não queira isso tbém serve para caminhar tenho que caminhar duas vezes por semana e mesmo não querendo eu tomo banho me arrumo e coloco meus fones de ouvido e vou caminhar e acabo ficando até chateada quando chega a hora de parar é uma questão de começar e depois tu só vai.
Qualquer coisa amigo estou aqui é só desabafar ok?
Bjs
Lu

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...