segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Garota Verão


Não aguento mais olhar para este palco e seus panos multicoloridos que vem fazendo mal para a minha vista, mais parece uma barraca mal feita que o palco da Secretaria da Cultura, além de impedir minha visão do outro lado da avenida.

Minha briga constante com a parede!


Saí pra caminhar hoje ao entardecer, não para exercitar-me, mas caminhar mesmo, tipo sem destino, um passeio, e fui na direção da praia, e ao me aproximar dela vi uma grande multidão na entrada dela, na RBS.

Era o Garota Verão, com a escolha das garotas do Povo Novo (15), Quinta (01) e Rio Grande (03).

A mais bonita pra mim era a número 15.

Amanhã, 31.01, tem a escolha da Garota Verão do Cassino, pra mim vai ter mais público, isto se o tempo ajudar.
Hoje estava muito lindo o entardecer.
Fiz algumas fotos de celular, o que nem em sonho fica igual a uma câmera digital, e vou deixar uma aqui apenas como registro, mas não vai dar pra ver muita coisa, mas, melhor que nada.

domingo, 29 de janeiro de 2012

Continuando a limpa

Sigo apagando programas do qual fazia parte, dos mais variados possíveis, e mudando a senha daqueles que continuarei a usar.

Na limpa de hoje foram os seguintes programas:

Blip.fm
Meu Orkut
Formspring
Me Pergunte
Justin.tv
Mixpod
Live Mocha
Conduit

Só não consegui apagar o Goear, e sempre tem um que resolve complicar, programas que podiam ter um "Encerrar conta", como é de praxe.
Considero estes programas complicados como armadilhas da internet, mas não tem problema, apago dados, invento outros, e desta forma não posso mais conectar como eles entrarem em contato.
Bastava um 'Excluir', 'Encerrar', o termo que fosse, mas...

Já na primeira limpa foram o Me Add e o Meme Yahoo.
Sei que ainda tem programas para fechar a conta, mas vou aos poucos.

Linkedin, Gamato e Plik perdi acesso, mas não me importa, pois não usava mesmo, e com isso sigo com outros que uso mais seguido e me satisfazem, e até que surja uma nova febre, vou ficando com os rotineiros.

Por enquanto é só, amigos, abraços a todos e Deus os abençoe!

sábado, 28 de janeiro de 2012

Zona radical

Na praia sempre paro em lugares radicais, como zona de surf ou mesmo de pesca, e com isso fugindo da aglomeração, prefiro a praia nestes lugares lights e venho curtindo mais, aproveitando mesmo.
Um verão diferente!
Tudo começou no dia que a Plataforma P55 entrou na barra dos molhes, mas não vou me repetir.
Este post fica apenas como um registro!
Abraços a todos!

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Censura Online?

Não vou escrever sobre o que os outros já escreveram, mas me preocupo e muito com o futuro da internet, com este lance de censurá-la, e cabe a nós lutarmos contra.
Interei-me sobre estes projetos SOPA, Stop Online Piracy Act, lei para parar a pirataria na internet, e o PIPA, Protect IP Act, lei que protege a propriedade intelectual, e tudo que diz respeito a quem a usa e de que forma usa, leis, etc e tal.

Pra mim querem acabar com a internet, e para vocês?
E gostaria de uma melhor informação sobre este assunto, e saber quem de peso lutará contra, porque já sei que empresas fortes como o Google, para citar uma, já se manifestaram contrários.

As eleições também estão aí, e o voto é nosso!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O yorkshire e o regador

Hoje de manhã assim como ontem, a praia esteve fantástica, calor, um dia daqueles, de verão mesmo, e não tinha ondas, ou onde estávamos, eu e minha mãe, poucas ondas, e parecia uma piscina, até a bandeira indicava mar bom, tranquilo, e dava para escutar as pessoas caminhando na beira do mar, os pés em contato com a água.
Coisa linda, pena que a fotografia não pode captar estes momentos, os sons ouvidos por mim naquele exato momento, mas fica o registro.
Geralmente viemos parando na zona de pesca da praia, um lugar mais tranquilo onde posso aproveitar melhor a praia e não me preocupar com o meu carro ou as pessoas próximas dele.
Acho que já escrevi sobre isto.
E venho observando que venho parando próximo das mesmas pessoas dos últimos dias de praia.
Também é bom, mesmo que a gente não converse, e um dos casais dos últimos dias tem um yorkshire, e minha mãe leva sempre um regador para se molhar com a água do mar, já que não entra nele, e no momento que enchi da água do mar e coloquei o regador na areia ao lado dela, na beira da praia - ela gosta de ficar na beira da praia com a água vindo até ela - o cãozinho começou a latir.
Vi que latia na direção dela, e vinha infernizando seus donos, até que ele aproximou-se de nós trazendo seu cãozinho na coleira e ele tentava dar pra trás com medo do regador... pode isto?
O dono do yorkshire explicou que achava que era o regador o motivo daquele latido todo, pegou e encostou no bichinho, e visto que não levava perigo, o bicho parou de latir.
Achei muito gozado aquele cena.
O regador era verde, lembrou-me a kryptonita, grande obstáculo de superman, e por um momento do pequeno cão.

Falando em cães, tem um que passou ontem correndo, como um atleta, sem dono, na direção dos molhes, pela beira do mar, e com a lingua de fora, e depois de algum tempo voltou da mesma forma, correndo e com a língua pra fora.
Hoje a mesma coisa.
Tem pombo correio, pode ter cão correio, visto que tem uma coleira ao redor de seu pescoço.
Não tem explicação para isto.
Quero ver amanhã!

Então este é o meu post de hoje.

O calor terminou em chuva pela tarde, mas como estamos no verão já estou vendo os ares de sol, e não me surpreende se ele voltar a vir forte.
Pois é, voltou, e um solaço e muito quente!

Abraços aos amigos!

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Por que a aliança é usada no quarto dedo?

Uma lenda chinesa conseguiu explicar de uma maneira bonita e muito convincente:

Os polegares representam os pais. Os indicadores representam teus irmãos e amigos. O dedo médio representa a você mesmo. O dedo anelar (quarto dedo) representa o seu cônjuge. O dedo mindinho representa seus filhos. Agora junte suas mãos palma com palma, depois, une os dedos médios de forma que fiquem apontando a você mesmo, como na imagem.


Agora tenta separar de forma paralela seus polegares (representam seus pais) você vai notar que eles se separam porque seus pais não estão destinados a viver com você até o dia da sua morte, una os dedos novamente.
Agora tenta separar igualmente os dedos indicadores (representam seus irmãos e amigos), você vai notar que também se separam porque eles se vão, e tem destinos diferentes como se casar e ter filhos.

Tente agora separar da mesma forma os dedos mindinhos (representam seus filhos) estes também se abrem porque seus filhos crescem e quando já não precisam mais de nós se vão, una os dedos novamente.

Finalmente, tente separar seus dedos anelares (o quarto dedo que representa seu cônjuge) e você vai se surpreender ao ver que simplesmente não consegue separá-los. Isto se deve ao fato de que um casal está destinado a estar unido até o último dia da sua vida, e é por isso que o anel se usa neste dedo.

Fonte: Facebook


domingo, 22 de janeiro de 2012

Agradecimentos

Eu sei que tem muita coisa para eu agradecer a Deus nesta vida, muita mesmo, mas às vezes perco a minha fé, porque gostaria que as coisas acontecessem aqui e agora, mas dizem que elas acontecem no tempo Dele.
A gente vive por tantas pessoas, mas e por Ele?
Sei disso também, mas tenho momentos que eu como humano, fraquejo, e acho que neste momento estou assim, mas nada como um momento depois do outro e com Ele sempre em nossa vida.
Apenas um desabafo!

Apavorado

É assim que estou, apavorado com a falta de respeito das entidades públicas e pessoas que a comandam.
O som colocado por eles na porta do meu apartamento aqui na praia está passando dos limites, faz vibrar tudo, portas, vidros, mas também não é na porta da casa deles, então me apavoro por não ter a quem recorrer.
Basta ser da autoridade pública e não temos a quem recorrer.
Temos que engolir calado, é isto?

Alguns dizem, mas praia é isto, praia pode ser tudo, mas as pessoas podem ter um pouco de respeito e ver o que é certo ou errado e fazê-lo, não por ser do poder público abusar.

Please, ajudem!
A quem recorrer, e como?

Sinceramente estou apavorado!

E como este é o meu espaço virtual, venho me desabafar aqui, quem sabe alguém veja e me dê a dica, porque algo deve ser feito contra este desparate todo.
Se eu cumpro a lei, e ela é para todos, que seja para eles também.

Não sei mais o que dizer.
Sabe aquele tum-tum-tum constante nos teus ouvidos, pois é, está sendo assim, e não me importa se é dia, mas é aqui que eu passo, que eu estou, que minha mãe de setenta e seis anos está, que senhoras estão, e que se é pra isto, pra fazer barulho, que vão para uma área apropriada que não na porta do lugar que estou, e veraneio há mais de cinquenta anos.

Justiça e para todos!
Ajudem-me!

A 3G de verdade!

Não gosto nem de falar, mas temos que registrar, estou conectado sem desligar a internet há mais de oito horas, 8h30, e espero ir um pouco mais, mas estou num bagaço físico, e um pouco também mental.
Há alguns anos atrás cheguei a 17h, mas não repito mais isto.
E a conexão de brinquedo, mesmo lenta, pelas condições dela, vem se tornando uma de verdade, pra esfregar na minha cara e dizer, "toma!".
E eu estou tomando mesmo, no cansaço e na vontade de navegar, e muito deste tempo trocando senhas, porque ainda tenho muita coisa para certificar-me se ainda eu tenho, e alterar senhas, mas vai ficar para outro dia.

Só para registrar!

Abraços!

sábado, 21 de janeiro de 2012

Medos e respeito

Assim eu tenho um troço de vez, toda a vez que quero entrar no blog, ele sai, dá mensagem que não há conexão, ou coisa do gênero.
Está certo que hoje eu enlouqueci, no bom sentido, pois estou há mais de seis horas conectado na internet, e mesmo lenta, começou uma bala, estou conseguindo fazer as coisas, mas estes sustos repentinos me deixam muito nervoso.
Eu sou apegado ao meu blog, as contas virtuais, ao que eu trago comigo há muitos anos, reais e virtuais.
Eu sou assim!
E mesmo salvando os posts como eles são, não estou mais tranquilo como há dias atrás.

Eu quero paz!

E acho que o mundo precisa de paz, calmaria, cada um cuidando do seu tapete e todos vivendo felizes para sempre.

Bem que podia ser assim, não é, mas sempre tem algum líder querendo o terreninho do outro e aí as coisas complicam.

Fiquei indignado com algo que eu li mais de uma vez.
O que os Estados Unidos pensam que o Brasil é, a lixeira da esquina da casa deles?
O lixo que eles descartam - um navio vai sair de Pernambuco para devolver o lixo hospitalar usado por lá... tenha cabimento - veio parar aqui.
Acho que a notícia não é nova, mas como li hoje no jornal, pra mim ficou sendo.

Tem que acabar também com estas mentalidades de achar que pertencemos ao submundo, porque não pertencemos.
Respeito de vez em quando é muito bom!

É isto!
Só quis postar e me tranquilizar!

Papas da Língua

Papas da Língua


O show do Papas da Língua, gratuito, movimentou a Av. Rio Grande, na verdade lotou, muito povo para um espaço pequeno como este proposto pela Secretaria da Cultura, e salvo músicas antigas, não os conhecia, mas uma ou outra, e de outros tempos, gostei, mas que eles empolgam, empolgam sim.

Aí estão algumas fotos, mas não sou bom em clicá-las à noite, não tenho a técnica de um fotógrafo profissional, nem as mãos seguras de muitos amadores que vejo por aí.
Tremo com a câmera na mão e as fotos estragam, e minha câmera não é apropriada para tal, mas para registrar o show, da área do meu apartamento, aqui na avenida, deu, só não com a nitidez de outros do ramo ou não.


Uma outra foto do show!
Av. Rio Grande, no espaço da Secretaria da Cultura - interromperam as ruas próximas de acesso ao show - lotado, mas sigo achando que o mesmo deveria ter sido em área especial que não aí.


Para textos, obrigado 3G, ela me serve, mas para carregar fotos, não neste plano e talvez nem em outros.


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Semana de mudanças

A semana de mudanças começou no dia 18.01 e pelo jeito continuou ainda neste 20.01, com certas surpresas macabras, apavorantes para mim, banais para outros, mas nada como um amigo para colocar as coisas nos eixos.
E resolvi mudar também!
Há uns anos atrás eu disse, e repito hoje, pelas linhas, que nada melhor que "um caderno e uma caneta", não te leva ao horizonte, não viajas com estas ferramentas, como com a internet, mas não apresenta o perigo que a rede social apresenta... ah não!
A minha vontade hoje é de escrever, se pudesse, mas estou tentando, como disse alguém, um desabafo.

Também irritado porque o show que vai ser na esquina da minha casa não vou poder ver como gostaria, ouvir sim, ver se me deslocar até a frente do palco.
Colocam a praça da cultura na frente da minha casa, fazem um barulho danado, pagamos nossos impostos certinhos, e na hora que poderíamos ver um show do nosso camarote privado, bloqueiam o nosso acesso.

Mais calmo agora e depois desta avalanche de coisas ruins do começo da tarde, espero que os próximos dias sejam de calmaria e que estes dias transformem-se em anos.

Obrigado ao Cj!

Precisava de duas canetas de cor, e saí a procurá-las.
Acabei comprando uma vermelha e outra preta, o caderno tinha comprado há dois dias, e a azul trouxe de Pelotas.


Um amigo chamado Cj

Muito obrigado por tudo, meu amigo CJ, por ter salvado minhas contas e meu blog aqui.

Quando descobri que tinha dado problema aqui, o santo Cj me chamou bem na hora, pelo Facebook, e tudo o que ele, este amigo, escrevia para mim era "Calma", mas eu não tinha cabeça para ter calma, e foi ele quem resolveu meus problemas, e desta forma pude recuperar a minha conta.

Obrigado ao santo Cj.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

A limpa

Hoje, 18/01, foi o dia da limpeza, mas não das minhas coisas reais, mas dos programas que não vinha usando mais, como das pessoas que no Facebook resolveram não dividir nada comigo, nem comentarem, nem curtirem, nem compartilharem.
Ainda tem alguns que estou de olho, tipo, vou dar um tempo, e se mesmo depois das mensagens deixadas por mim, não se manifestarem, eu vou deixar de ser amigo deles.
Não quero troféus guardados na estante, quero amizades, conhecer pessoas, e com elas dividir o meu tempo.
Tem algumas que por uma razão ou outra, indiretas, preferi não deletar, mas não tenho nada em comum com elas.
E as pessoas que ficaram, em sua grande maioria, são as pessoas que dia a dia dividimos alegrias, e quero elas ao meu lado, mesmo que por meio virtual, muitas infelizmente só na rede social, pudera estar todos os dias com eles no mundo real.
São legais, participativos, alegres, amam a Deus, e pensam como eu penso.

E tem mais, este perfil do Facebook é o meu espaço privado na rede social, nele tem que ficar só quem me faz bem, não tenho que ficar com pessoas que não querem a minha amizade ou não lembram que eu existo, não é?

Sobre os programas, até agora, 21:34, foram deletados os seguintes:
Orkut, Flogão, Flog Brasil, FlogVip, Tagged, My Space, Fotolog, Sonico, Multiply, Facebook (perfil 2) e Photobucket.
Não consegui deletar o Me Add, até agora, nem o Gamato, pois não o localizo mais.
Pensando em seguir limpando, tem muita coisa ainda para tirar do ar, e por que esta limpa?
Porque eu cansei.
Vou ficar apenas com os programas que estou todo o dia e um que outro que participo aleatoriamente, mas que me faz bem.

Por enquanto é só!
Abraços a todos!

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Minha desolação

Eu tenho que aprender de uma vez por todas, a levar comigo, para o lugar que for, a minha câmera digital.
Não sou fotógrafo profissional, longe disso, mas uma câmera registra fatos, e muitos.
Hoje fui a praia, e que praia, meus amigos, que sol, de torrar, mas tudo começa com o título de uma notícia do jornal, qual seja, "Plataforma P55 já está em Rio Grande".
Se já estava porque levar a câmera, pensei, se eu estou na Praia do Cassino, e quando entrei na praia, vi de longe a plataforma, e nem no canal ainda havia entrado.
Primeiro, dava tempo de ir em casa pegar a câmera e voltar, mas achei que a velocidade da plataforma, quando voltasse, já teria superado a minha chegada, ledo engano, esperei mais de uma hora.
Segundo, com fotos de celular e contra o sol, apesar de ter tirado muitas, não dá para pegar boas fotos, nem os detalhes de um zoom óptico de 12X.
Então eis a minha desolação!
Uma pena, uma grande pena!
Estava com os meus amigos Rossano e Eliane já que a mãe ficou pegando um sol ao lado do carro, e volta e meia a Eliane ia acompanhá-la, já que havíamos parado nossos carros lado a lado.
E encontrar um lugar nos Molhes da Barra foi difícil, tamanha a quantidade de carros e povo que encontrava-se no local a espera da P55 passar.
Câmeras digitais de todas as formas, das pessoais as profissionais, até cinegrafista havia no local.
Um helicóptero sobrevoava a P55, possivelmente da marinha e alguns barcos pesqueiros estavam próximos.
Dois rebocadores vinham a frente puxando a plataforma com imensos cabos de aços, numa longa distância.
Enfim ela passou e eu me retirei, mas parei próximo aos molhes.
Um carro aqui, outro ali, e nenhum encostado ao meu, porque sofro ao ter que ir pra praia e mal-educados encostarem suas cadeiras ou corpos molhados com água do mar.
Que vão para aquele lugar!
O meu carro é o meu carro, se eles não tem cuidado que vão estragar o deles, não o alheio.
E passei tanto bronzeador em mim, que nem os dois banhos de praia, nem o de chuveiro conseguiram removê-lo, mas depois de sentir os pés torrando nos molhes devido ao sol, ao calor intenso, na espera da P55, quando parei na praia, me lambusei a fim de me proteger.
E este foi o meu dia, a minha manhã de praia.

O incrível que quando foi a P53, fui eu, minha prima e o ex-namorado dela a Rio Grande, para fotografá-la, e o pessoal do porto de Rio Grande não nos deu acesso, achei isso um absurdo porque tudo o que queríamos era fotografá-la, simples fotos, agora que a P55 passou diante de meus olhos, minha câmera passou no armário e coube a mim tirar fotos e ainda contra o sol com a lente de um celular.
Assim também não dá!
Tudo para concluir que eu e as plataformas não estamos em sintonia, e este registro foi mais um que passou quase que em branco, pelo menos pude contar aqui este ocorrido.

Abraços aos amigos que vierem aqui, e não deixem de comentar!

Fotos de hoje







Agradeço ao sol pelo efeito da foto!




sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Sexta, 13

Pra uns dia de sorte, pra outros de azar, mas pra mim um dia comum, pois não ligo para estas datas, nem comemoro na época apropriada o halloween, como também nunca curti violência com aqueles filmes de terror, Sexta-feira 13 e outros do gênero, logo descartáveis para mim.

Então, se sou uma pessoa que não gosta de tragédias, e ninguém gosta, também não compartilho elas na rede social.
Sei que o não compartilhar não significa que vão deixar de acontecer estas coisas ruins, infelizmente não, mas vou poder escolher o que quero ler, e evitar o que não quero, e venho fazendo isto, tentando pelo menos.
Não penso no mal, não quero saber do mal, nem invadindo as telas do cinema, nem flashes da vida, nem posts aqui ou noutra rede social, como e principalmente o Facebook, Twitter também, já que o Orkut ficou meio que esquecido, pra mim total.

O que leva as pessoas a compartilharem coisas ruins, notícias ruins?
A rede social está infestada delas!

Não curto notícias, mas se tiver que me informar, e não fico alheio, não vou buscar somente o que é ruim, e não tem esta não de "é a vida" porque é a vida porque nós fazemos ela ser assim, pois se mudássemos viveríamos completamente um outro horizonte, mas não.

Então mudem se quiserem, porque eu quero!

Este veraneio de 2012 não tem sido como o de anos anteriores, e nem o tempo ajuda, mas confesso que gosto assim, como se estivéssemos pra fora, só que na praia.
Também a chuva que precisa cair para parar o vento, não cai, só respinga aqui na praia enquanto nas redondezas desaba água.
O frio permanece, mas não me admiro de mais nada.

Cada vez mais, cada ano mais, as coisas mudam, seja no tempo, nas pessoas, em tudo, sei que nada é eterno, mas que ao menos procurem viver em paz, mas tem muitos que buscam unicamente a guerra, o ódio, desavenças, e por aí, e nem procuram aproximação ao passo que outros são o contrário, querem viver no bem, na Santa Paz de Deus, e é assim que tem que ser.

Chega de guerras, de ódios, queremos paz!


quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Aviso, operadora 3G

Gente, estou na praia e munido de uma conexão 3G, logo uma droga cheia de limites e travada, o que eu quero dizer é que se o blog de vocês for daqueles lindos que tem aqui, cheio de coisinhas para carregar, a minha internet vai custar muito, talvez nem carregue, então sintam-se cumprimentados neste verão, e tenham paciência, pois quando retornar, visitarei vocês, mas não esqueçam do amigo aqui.
Lembrem para que eu possa lembrá-los!

Infelizmente na praia, até que algo aconteça de novo, é assim!

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Não provoca, presidente!


O post teria um outro título, mas preferi pensar em algo mais soft, mas eu acho que o Paulo Odone, presidente do Grêmio, tinha que parar de provocar o Renato Portaluppi, pois há uma diferença muito grande entre estas duas pessoas.
Renato deu ao Grêmio seu maior título, Campeão do Mundo, em Tóquio, ao vencer o Hamburgo por 2X1, dois gols dele, do maestro gremista, ao passo que Paulo Odone deu ao mesmo Grêmio um título da Copa do Brasil e outro do Brasileiro, em termos nacionais, da segunda divisão, então faz um favor, presidente, não provoca!

Sucesso ao Grêmio e a Caio Junior assim como a todos os atletas, neste ano de 2012, com este presidente ou não.
Sou gremista, e acho que provocação não vai dar títulos, como deram todos estes atletas que passaram pelo tricolor gaúcho ao longo destes anos de Grêmio Football Porto Alegrense, e principalmente o gênio da camisa 7, naquele jogo inesquecível de 1983.

Silêncio presidente!
Se for para falar que seja para engrandecer o Grêmio e quem deu glórias ao nosso tricolor.


sábado, 7 de janeiro de 2012

Tempo jogado fora

O que fazer numa tarde maravilhosa destes finais de semanas de janeiro?
Estou conversando com algumas pessoas legais aqui na rede social Facebook, e elas se queixam, na brincadeira, que o sábado chegou, mas que estão sentadas na frente do computador, especificamente do programa em questão, pois é, e eu também, só que no meu caso aguardando o horário da missa das 19h aqui na Paróquia Sagrada Família.
Tenho certeza que se estivesse preenchendo meu tempo, o dia passaria de outra forma, mas depende de cada um de nós, de nossa vontade, e estou, com certeza, jogando fora o tempo disponível que tenho, como muitos de nós.
Poderia estar na praia, caminhando, com amigos, apreciando os dias lindos do verão, mas estou na espera, e na frente do computador.
É isto!
E 2012 está aí e as coisas continuam iguais.

Missas no Cassino


Estou no Cassino, e aqui o horário das missas na Paróquia Sagrada Família Cassino, é o seguinte:





Horário das Missas:


Segunda à sábado: 19 horas
Domingo: 8 horas, 19 horas e 20:30 horas

Apenas reproduzindo parte do folheto recebido na secretaria da paróquia, onde fui marcar algumas missas.

Neste veraneio...
"Não te esqueças do Senhor do Sol, das Ondas e do Mar"

Achei lindo estes dizeres, e agora está no meu blog, mas aqui colorido.

Ainda no cartaz recebido:

Plantão do Dízimo - Diariamente
Atendimento Secretaria e Pároco: Diariamente às 16 às 19 horas

Apenas reproduzindo tal qual.

"Dízimo é um ato de Amor e de Partilha."


Abraços a todos meus amigos, e sejam bem-vindos!


quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Exemplo público

Ontem à noite, pra mim, esteve frio aqui na Praia do Cassino, tentei sentar no avarandado, mas o frio me fez mudar de ideia e acabei fechando o apartamento.
Hoje à tarde esteve quente, eu achei, dei uma caminhada na hora do sol, como eu queria, e percebi um Cassino cheio, ou naquela hora, mas nem tudo são flores, porque voltaram a colocar o palco da Secretaria de Cultura na porta aqui do apartamento, e na frente de um edificio com pessoas de diversas idades, mostrando que as pessoas que tratam com música não importam-se se o barulho (ano passado foi um inferno) é na frente da casa alheia.
Ano passado o dj deles não tinha limite (teria respeito?), pois não adiantou eu ir pedir para maneirar no som colocado.
Nem adiantou eu chamar a Brigada Militar algumas vezes, no mínimo três vezes, pois diziam "que não podiam fazer nada, pois eles tinham licença", licença para me incomodar, e não interessa que agrade uns, mas atrapalha outros, e não tenho como esconder minha indignação.
E como cidadão é um direito meu me manifestar, e é que estou fazendo.

Pergunta: tiraram os treillers do centro da avenida pois incomodavam com suas músicas a muitas pessoas nos prédios ao longo dela, não é?
Por que então colocar este palco na frente de um prédio, não faz o mesmo que os antigos treillers, e agora com mais potência?
Incomoda a um grupo de pessoas sim, e como um dos incomodados, e veraneando aqui há muitos anos, venho através destas linhas mostrar a minha indignação.
É um direito meu de cidadão!

Espero que este ano a Secretaria de Cultura, por ser um órgão público, dê o exemplo devido, e trate aos moradores com o devido respeito.
Façam os seus shows, mas não extrapolem nos sons das músicas, nem na responsabilidade do dj, nem na música apresentada no palco.

Não é pedir demais, é?


quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Conexão de brinquedo

Estou na praia onde vim passar meu veraneio, mas vim acompanhado mais uma vez de uma conexão de brinquedo, a mesma que tem me acompanhado nos últimos anos, V3G.
Já me conectei pela terceira vez e acho que recem fez uma horinha de uso, um pouco mais, se for assim... haja paciência!
Então também tenham paciência com os meus comentários, visitas, com o que tenho a escrever aqui, porque vídeos e fotos vai ser um horror, ou ano passado foi.
Não acredito em melhoras para este verão, porque o sul é muito esquecido, e pra que investir no sul do sul, se o centro do país, e capitais, tem mais pessoas?
Tem aqui na praia um sistema combo, mas cobram caro demais para apenas três meses, e eu não vou pagar multa para sair depois, nem vou entrar.
Poderiam fazer um plano apenas para temporada de férias, de um a três meses, mas é muito difícil para estas empresas, e os planos que tem, com multa, são um absurdo, logo não vão ter a minha companhia.
Por hora é só, apenas um desabafo.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano novo, template também!

Mudei recentemente para verde, e hoje, agora, para este espacial, vamos ver se fica, mas é a primeira mudança do ano, pelo menos no blog.
Queria algo melhor, mas vou ficando com os templates fraquinhos que o programa oferece, mas bem melhores do que aqueles antigos que oferecia, e perdi a confiança em páginas que ofereciam templates para cá, pela bagunça que ocorreram nestas páginas quando usávamos eles aqui.
Assim está bom!

E é mais uma tentativa de me satisfazer com o meu espaço.

Completando:
2007 - 15 posts
2008 - 10 posts
2009 - 283 posts
2010 - 367 posts
2011 - 170 posts

O que prejudicou a minha saúde - lesão de esforço repetitivo - foram os posts criados em 2009 e 2010, aquilo que eu escrevi, o meu esforço em fazer o que mais gosto, escrever.


Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...