domingo, 22 de julho de 2007

Voos, Perdas, Brasil

Boa noite, eu na madrugada ainda, e voltando ao blog hoje.
Terça-feira, dia 17/07/2007, tivemos o maior acidente da aviação brasileira, com 187 pessoas a bordo, que se foram.
Era o vôo JJ 3054 da Tam, que saiu de Porto Alegre às 17:15 com destino à São Paulo.
Pessoas que levantaram naquele dia, para seguirem suas rotinas, a maioria a trabalho, outros em férias ou retorno delas, para nunca mais voltarem, e que movimentou a semana, com notícias, cobranças, protestos, culpas, enfim a falta de segurança do transporte aéreo no país.
O pior, tirando a morte destas pessoas que se foram, pais, filhos, famílias, amigos, bebês, foram os gestos irresponsáveis de pessoas que não estão nem aí com a vida alheia.
A televisão mostrou.
E a culpa para mim é sim do governo, se não diretamente, indiretamente, pelas escolhas dos profissionais que ocupam determinados cargos.
E numa hora de crise, onde pessoas esperam horas e horas em aeroportos, onde vôos atrasam, onde aviões caem levando famílias ao desespero, aquela medalha que vi alguém recebendo, veio numa hora inconviniente.
O homem que sumiu quando tinha que dizer alguma coisa a respeito do acidente, pelas notícias que a gente vê, e quando retorna recebe uma medalha.
Medalha para quê?
Este é o país da pizza.
Onde nada acontece, onde culpados são aqueles que não podem mais se defender.
Não podemos esquecer estes dez meses de perdas, e do caos que este país transformou-se.
O apagão aéreo, o mais forte deles, e responsável pelas muitas baixas nestes meses todos, e os escandalos lá pelos lados de Brasília, sem que ninguém, tome alguma atitude justa.
Até quando estes homens ficarão impunes?
Até quando a lei ficará em poder deles?
Os justos querem atitude e solução, segurança em todos os níveis, e o fim destas crises que assolam o país.
Que o vôo da TAM JJ 3054, não caia no esquecimento, que futebol nenhum desvie a atenção das pessoas, e que a justiça seja feita mesmo.
Não sobre inocentes que querem justiça, que querem um país livre e limpo, às claras, mas sobre os culpados que não se importam com a vida alheia.
Bem, estamos de olho!

Queremos paz!
Muita paz!
Que Deus proteja a família daqueles que perderam seus entes queridos, neste acidente, e o que nos resta agora, por eles, por todos, é rezar.
Paz!

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...