terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Blá-blá-blás

Realmente surgiu o novo flog substituto do Gigafoto, e já me cadastrei.
É um vício meu, estar em toda a internet, em todos os serviços que puder agarrar.

http://www.flogme.com.br

Não estou mais no serviço, mas deixo o endereço, não o link, como registro de um programa onde estive.

Sobre o carnaval...

Tomara que acabe logo, não vejo a hora para isto, pois as pessoas esquecem de seguir as leis.
E os governantes, aqui pelo menos, de fazer com que o povo cumpra, talvez por medo.

Abraços a todos!


quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

O novo Giga

Anuncia-se um novo flog para 15/02, o novo Giga, que nem nome, pelo menos anunciado, tem.

Editando...

Flog Me

De todos os flogs, para mim foi o melhor deles, o mais completo, e com as melhores opções oferecidas num programa, e além do mais, gratuito.
Pode ter uma conta comum (para todos os olhos) ou adulto, só que ao visitar um flog a pessoa que está visitando tem acesso aos flogs adultos, aí está o erro, logo se for um menor de idade vai ver também, porque não trava para estes.
Acho que os flogs adultos não deveriam aparecer entre os favoritos de uma conta comum, e só quem criasse um adulto poderia ver os mesmos, mas enquanto eu estava no programa não foi assim.
Saí também porque vinha achando que aquilo lá estava muito infantil (Rebeldes, flogs de cães e gatos, etc e tal, e para o que eu queria não atraía mais, e aos poucos criei meu blog e com o tempo apaguei todos os flogs dos quais eu fazia parte, mas para quem quer proteger sua foto, não deixando que ela seja copiada, eis o melhor programa, além disso pode colocar o nome do flog sobre a foto, o que para mim era ótimo.
Melhor que o Flog Me não houve!

Tirei todos os meus flogs do ar!

Abraços!


terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Na madrugada

Hoje me dedicando mais ao micro, ao ato heróico de tentar manter-me conectado, porque volta e meia cai a conexão 3G.
Hoje ficando um pouco mais na internet, já que durante o dia dividi meu tempo entre a praia, de manhã, e o travesseiro, pela tarde.
Na verdade o sol da manhã, radiante, na praia, foi o que me derrubou pela tarde, até quase a hora da missa de quinto mês de falecimento de meu pai.
Parece incrível, cinco meses!
Achava difícil escrever, mas não, o texto brota com enorme facilidade, e desta forma, vou aumentando posts e linhas, dia após dia.
Muito disso também porque uma amiga quis criar um blog, o dela, e deu-me saudades de voltar a escrever o meu.
Pois bem, à noite avança, o sono chegou, e eu continuo mexendo aqui, porque gosto, porque as idéias vem, mas odeio quando tento enviar um texto, e por obra infeliz de qualquer conexão, como a 3G que eu possuo, perco meu texto, como agora, sorte que parte dele salvou-se, enquanto a outra parte perdeu-se, e tive que pensar, pensar em um novo texto.
Numa internet falha, antes de publicar, seja o que for, deve-se copiar, ou então lamentar-se depois da perda.
É isto!
E mais um dia se foi!


sábado, 7 de fevereiro de 2009

Poluição Sonora

O dia

Hoje foi o melhor dia da temporada para mim!
Foi ótimo!
Sentei-me na beira do mar para jogar conversa fora com minha mãe e primas, molhar os pés, e a água veio com força e molhou uma boa parte de mim, delas.
Foi um banho de gato... de mar! Risos.

Barulho!

Está impossível sentar na frente de casa, porque são os carros de propaganda passando com som a toda altura, desrespeitando os populares com suas propagandas repetitivas e chatas, os carros particulares com caixas de som expostas para o exterior, e som a toda altura, como se eu quisesse ouvir o que eles tocam, carros passando, motos com descargas abertas, catorritas, apesar que este som vem da natureza, buzinas para anunciar um evento, enfim... mas a soma de tudo isto atrapalha, e o pior, não tem ninguém para coibir isto. Ficamos então a mercê destes piratas do som!
Quem lutará por nós?
No momento, muita dor de cabeça!
Entrei hoje, deixando a rua, pelo constante barulho, agora mesmo ouço um bum-bum-bum de algum som, de algum desrespeitador alheio. Assim não dá gente! Pena que este texto não chegará em autoridade nenhuma.
E se chegasse, também não fariam nada.
Às vezes acho que a lei só existe para punir os certos, jamais os errados.

A volta!

Volta e meia venho ao blog escrever alguma coisa, mas esta volta demora muito, porque dou mais atenção ao meu flog, mas depois de uma conversa pra lá de saudável, via Skype, com uma amiga - conversei com ela pela primeira vez - resolvi escrever alguns posts. Ela havia me dito que estava com vontade fazer um blog aqui, e trocamos ideias, fizemos pesquisas, ela criou o dela e eu escrevi ontem, e hoje estou aqui, na madrugada, depois de ter ensaiado um sono que não veio.
Escrever é difícil, às vezes não.
Blog como diário, não sei fazer, e não quero, mas sei que é inevitável, mas por um dia, seria bem interessante, quem sabe!
Hoje a internet correspondeu plenamente em termos de conexão, estou escrevendo isto, porque estou no 3G.

E 3G não é ADSL.

Abraços!

Cheio e vazio

Estou na praia desde janeiro, e nunca vi um lugar mais vazio se comparado a outros anos, porque aqui enchia mesmo.
Deve ser a crise!
Com certeza!
Fecham ruas para que as pessoas tomem conta, mas que nada, nem na ciclovia, nem na rua fechada.
Para onde se olha, à noite, mesmo em final de semana, sexta, sábado e domingo é uma vazante só... tem pessoas, povo mesmo, mas aquelas aglomerações de outras épocas com falta de espaço para caminhar, ficou em outros veraneios.
Quanto a praia vem sendo outra história, seja de manhã ou de tarde, lota!
E vai até o final do dia.
Os esportes radicais tomam conta do visual da praia durante a parte da tarde onde os jovens se aglomeram mais, porque na parte da manhã, dormem.
Existe vida à noite, bares, e locais de agito, mas daí não faço parte.
Fiz um dia!
Só que este movimento de carros e pessoas, que fazem parte dos 6 km principais de praia, desaparece quando de volta a Vila Sequeira, mais conhecida como Praia do Cassino, o local em si.
Saudades dos veraneios passados, mas um dia quem sabe tudo volte a melhorar, de certo apenas uma coisa, a perda de meu pai em 2008, daí nenhum verão será igual como foi um dia, mas onde está, com certeza está melhor e com a proteção de Deus.
É isto!

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

O que escrever num blog?

É difícil quando não se tem ideia do que se quer para o blog, pelo menos no começo é sempre assim, ou comigo vai ser assim, aí penso daqui, escrevo dali, e as linhas da imaginação são preenchidas, e o post acaba saindo.
Depois espero pelas visitas e comentários e de 'ois' em 'ois', começo uma amizade, e espero que as minhas sejam duradouras. Então sejam bem-vindos!

E COMENTEM!!!

Na internet tudo faz parte de uma troca de informações, não é assim, então vamos interagir?
O negócio é se comunicar, então comuniquem-se!


Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...