sexta-feira, 23 de abril de 2010

A combinação que não sai de moda

Hoje fui levar minha mãe na cabelereira dela, e fiquei esperando no carro, e observando as pessoas.
No começo até que não, mas depois... a cada pessoa, jovens principalmente, que passavam na rua, vinham vestidas com calça jeans (ainda sou da época do brim), e tênis, meu calçado favorito.
E resolvi fazer desta observação, o meu post de hoje.
E fui pesquisar!

Comentem!



Avril Lavigne
(Foto da internet)

O Surgimento do Jeans

Por volta do ano de 1850, auge da corrida do ouro e conquista do oeste americano, vários mercadores aproveitavam o trabalho nas minas e de exploração, como ferramentas, mantimentos, roupas e lonas.
Entretanto, o mercado para este tipo de produto estava extremamente saturado, pela oferta de lonas por praticamente todos os mercadores.
Com um grande estoque de lonas e sem conseguir mercado para as mesmas, Strauss passou a procurar outra aplicação para o produto. Ele observou que devido a grande exigência física no trabalho das minas, os mineradores tinham que substituir freqüentemente as roupas utilizadas, o que levava-os a um grande gasto.
A fim de realizar uma experiência, Levi Strauss confeccionou duas ou três peças reforçadas com a lona que possuía, disponibilizou-as aos mineradores e o sucesso foi imediato. Devido a alta resistência das peças, as mesmas não se estragavam com facilidade e proporcionavam uma durabilidade muito maior.
Estava criado o jeanswear, o estilo reforçado de confecção, o qual foi originalmente destinado a roupas de trabalho.
A partir de então, cada vez mais os trabalhadores utilizavam o jeans para exercer suas tarefas mais árduas e de exigência física.
Entretanto, o jeans só passou a ser utilizado no dia-a-dia, já no século XX.
Com o surgimento no cinema, encabeçados por James Dean e Marlon Brando, a roupa começou a associar-se ao conceito de juventude rebelde conquistando este público.
A partir daí, o jeans só chegou a conquistar o restante da população após a proliferação social do seu conceito como roupa despojada e do cotidiano, sem perder seu charme e elegância. Consagravam-se os gigantes do Jeans, como Levi's, Lee e Mustang.
O primeiro estilista a colocar o jeans na passarela foi Calvin Klein, já na década de 70, causando choque e indignação aos mais conservadores. Esta atitude, no entanto, foi logo seguida pelos demais e o jeans definitivamente conquistou seu espaço na sociedade.
Observa-se uma proliferação cada vez maior do conceito jeanswear em se vestir, devido principalmente a comodidade e praticidade, aliadas a fácil manutenção numa época em que estamos cada vez mais sem tempo livre e qualquer facilidade proporcionada torna-se fundamental.
Percebe-se também a introdução e continuidade do jeans nos ambientes de trabalho mais formais, em escritórios, como grandes empresas e instituições financeiras, principalmente após a instituição da sexta-feira como o "Casual Day" e muitas vezes a abolição total da obrigatoriedade do uso de terno e gravata.

Fonte: Portal São Francisco




A calça jeans é uma peça que já se tornou fundamental no look feminino e masculino, ela pode se apresentar em novos modelos, mas continua sendo considerado item básico para o vestuário. Esse tecido tem boa adaptação ao corpo, é confortável e pode ser usado em diferentes ocasiões.

Continue lendo aqui.





Origem do Tênis


Em 1800, surgiram os primeiros sapatos com solado de borracha, chamados de Plimsoll, específicos para praia. O processo de vulcanização da borracha, desenvolvido no ano de 1839, foi utilizado, inicialmente por Charles Goodyear para melhorar a qualidade dos pneus fabricados por sua empresa. A partir da daí, algumas indústrias de calçados passaram a utilizar a borracha para substituir os solados de couro, tornando-os mais leves e confortáveis.
Os praticantes de cricket da costa leste dos Estados Unidos começaram a utilizar esses calçados para praticar o esporte. Eram chamados de cricket sandals ou sneakers. Logo foram incorporados também nas quadras de tênis, esporte do qual adotaram o nome definitivo. Em 1920 surgiu o primeiro calçado de corrida, ainda mais leve e confortável, criado por Adolph Dassler. Na década de 50 o tênis se popularizou entre os jovens e se transformou em um dos
símbolos da juventude rebelde. A partir da década de 80, com a valorização dos esportes e dos trajes esportivos incorporados à moda, o tênis recebeu ainda mais prestígio, saindo das academias para ganhar as ruas.
Desde sua criação, o tênis sofreu diversas modificações e, de um simples calçado de borracha e tecido, se transformou em um agregado de tecnologia e estilo, demasiadamente associado aos esportes e ao segmento de streetwear. Assim como qualquer outro acessório de moda, o tênis recebe influência das tendências das temporadas, ganhando as passarelas de grandes marcas.
Marcas como Nike, Adidas, Puma, Mizuno, Diadora, Ecko, Olympikus, All Star, Fila entre outras, disputam o mercado do calçado mais popular do universo.

Fonte: Ihaa.com.br




Abraços a todos!



4 comentários:

♰'Verônica Barboza disse...

Oi, Mauuuroo! Tudo bom???


Ahhhhh,cara que post interessante!
Nunca, parei para saber a origem do jeans, nem do tênis UAHuahsahsUHSauh...

Puxa, realmente essa combinação nunca sairá de moda! Eu mesma sou adepta da calça jeans,e do velho all star, e adoro qndo ele esta bem surrado! *___*

hmmm.. valeeu pelo coment no meu blog, e pode deixar que vou lhe cobrar! Abraços.

Ótimo FDS!

brasildobem disse...

Uau! Tudo de bom este post, adorei conhecer e relembrar outras coisas sobre jeans e tenis, nosso uniforme básico do dia a dia.
Grande beijo!
Janeisa

Srta.Lua disse...

jeans combina com tudo!
agora tenis e jeans é um casamento digamos que perfeito!

adoro esse look

bjs me desculpe o sumisso!

Denise disse...

Ahhh eu adoro calça jeans. Pra mim não existe peça mais versátil. Combina com praticamente tudo. Com tênis e camiseta, com uma roupa mais formal, com roupa pra ir pra balada.. e por aí vai.. e viva a calça jeans :D
bjssss

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...