domingo, 1 de agosto de 2010

Por que 3 - o bom e o ruim

O noticiário tem que informar e faz o seu papel, mas nunca mostram o lado bom das coisas, e refiro-me aqui ao lado ruim das pessoas quando usam a internet.
E nós que somos pessoas de bem?
Eu, você, todos nós...
Por que não mostram o que fazemos de bom, as amizades que a gente faz, os romances que nascem através da rede mundial, as pessoas que trabalham com a internet, o que ganhamos com ela em relação a outras épocas quando ela não existia, por quê?
Por que quando fala-se de internet tem que associarem a algo ruim, se o ruim, a maldade, está nas pessoas?
Quantos de nós a usamos todo o dia ou para trabalho ou lazer e usamos para fazer o bem?
Não é a internet o problema, não é não, são as pessoas!
Aprendam isto de uma vez!
Eu não assisto os telejornais, porque tudo que levam para o ar é ruim, mortes, drogas, prisões, sequestros, mas o mundo não tem só maldade, o mundo é muito mais do que tudo isto, mas a maldade está na cabeça das pessoas.
Uma coisa é prevenir, e eu aceito isto!
Tem que prevenir, mas não associar internet como algo do mal como muita gente tenta mostrar, porque não é.
A máquina de escrever também era uma ferramenta.
Se alguém a usasse para o mal, escrevendo mentiras para serem entregues a outras pessoas, em cartas, falariam mal da máquina de escrever ou das pessoas que a usaram com outro pretexto?
A ruindade está nas pessoas, como a bondade, mas eu acredito que o que é bom supere e superará sempre a maldade, então por que a mídia, e quem tem o poder, insistem em mostrar apenas o lado ruim das coisas, por que não abrem espaço para as coisas boas da vida, por quê?
Chega de maldades!


14 comentários:

Luciana disse...

Oi Mauro

Concordo contigo sempre que alguém fala da internet é sempre pra te dizer cuidado tem psicopatas tem pessoas do mal essas coisas mas penso como tu o mal quem faz é as pessoas pq o computador fica ali parado se tu não mexer nele ele não vai pra net sozinho né?
Bjs e boa semana

Yoyo Pizy disse...

Penso exatamente assim, meu amigo.A internet é apenas uma ferramenta.O bem e o mal está na cabeça das pessoas e infelizmente assim como nós usamos os meios tecnológicos para propagar o bem, muitos usam para propagar o mal.
Beijinho e boa noite

orvalho do ceu disse...

Olá, Mauro
A menina da foto sou eu quando pequenina... não é netinha dessa vez...
Sobre seu post... é verdaeiro... "tudo posso mas nem tudo me convém"...
Tudo é bom... eu dou o significado ou não...
Seja feliz e continue a denunciar os abusos que andam a rolar na net ou em outros lugares também... a olhos nus...
Abração e ótima semana!

Marcia disse...

Gostei muito do seu texto!
Obrigada pela carinhosa visita,
beijos e uma semana de muita paz.

Guilherme Palma disse...

Apoiado Mauro.
E eu também não assisto noticiários.

Misturação - Ana Karla disse...

É isso aí Mauro, a maldade está mesmo nas pessoas.
O grande mal da internet é mesmo para quem tem cabecinhas ruins que só usam para fazer maldade.
É uma grande ferramente que usada corretamente nos faz ir além do imaginário.
Xeros e bom dia!

Mariana disse...

tens razão, a imprensa é livre, mas só informa o q dá ibope, notícias ruins, tragédias, o "povo" gosta.Infelizmente.
A internet é mt importante, e sabendo usar, só teremos resultados positivos.

_dani disse...

Tem muito mais exemplos ruins do que bons, isso é verdade. Mas acho importante esse alarde, porque ajuda a alertar pais que deixam seus filhos na internet sem controle.
Esse é um ponto, creio que um dos motivos...

Boa semana pra ti!
:)

Pelos caminhos da vida. disse...

Não viajei amigo, mas sim me recolhi, me afastei um pouco da net por problemas pessoais, não os resolvi, mas estou bem melhor e voltar aqui foi a melhor coisa que fiz.

Estou tão feliz com a recepção da minha volta que quero dividir essa alegria com todos os meus amigos.

Obrigado, obrigado.

beijooo.

Denise disse...

Sabe qual é o problema? Coisa boa não dá audiência.. Então a mídia tem que focar mais no lado ruim.. Infelizmente é assim. Sempre digo que a internet é uma das melhores coisas que existem, desde que bem utilizada. È óbvio que existem pessoas más que a utilizam de forma errada, mas em qualquer coisa existe isso!
É a mesma coisa que fazer reportagem focando os acidentes de carro nos carros. Quem provoca acidente são os motoristas, o carro sozinho não faz nada.. Assim é com a internet..
Bjsss

Janeisa Tomás disse...

Oi Mauro, em parte concordo, acho que exploram demais o lado negativo da net, poderiam fazer um contraponto e mostrar o lado positivo.
Bjs

Tamires =] disse...

Eu concordo com vc, é tão estranho quando alguém taxa algo como bom ou ruim.. tipo a internet... o caso não é isto ou aquilo ser bom, e sim quem está por trás ser bom ou mau, ou ainda, ter cuidado, pois muitas vezes é pura inocência de quem acredita.. não se pode culpar também só aqueles que fazem o mal, mas eu acho resposabilidade daqueles pais q muitas vezes não sabem orientar os filhos... Mto bom texto =]

Um Pouco de Tudos disse...

Amigo querido!
Obrigada por ter indicado meu blog para o The Best! Amei, de coração!
As vezes, passo rapidinho pelos blogs dos amigos, sem tempo de deixar um comentario, mas nao deixo de visita-lo, nunca. Adoro suas postagens.
Obrigada, um beijo fraterno e uma otima semana a todos!

Lúcia Soares disse...

Sabe, Mauro? Emociono-me muito nos finais de ano, nos dia das Mães, dos pais, porque esses programas tão pichados, chamados de "populares" fazem tantas homenagens, procuram pessoas desaparecidas, colocam no ar o encontro de pais, mães, filhos, a muito separados, e não acho que seja apelativo.
É o lado bom da notícia. Mas são considerados piegas, apelativos, etc.
As notícias têm que ser veiculadas, mas há dias em que as manchetes dos telejornais soltam de uma vez só umas 4 frases chamando apenas para coisas ruins.
A vida pode ser cruel, mas também pode ser muito boa. Temos que melhorar a cada dia, cada um fazer a sua parte, para que só cresçamos como seres humanos.
O mal está no homem, sim.
Bj

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...