segunda-feira, 17 de maio de 2010

De tudo um pouco

Foi nome de blog aqui, meu, mas hoje em dia a gente vê na internet, nos jornais, revistas, enfim, a tecnologia está aí para ser aproveitada por todos.
E os sites não param de surgir, especificados ou não.
Indico o Digital Drops.

Difícil escrever sobre tecnologia para quem não é do ramo, como eu, mas hoje temos celular, coisa que há alguns anos atrás ninguém pensava em ter, e que facilitou muito a vida de todos, notebooks, o 3G como conexão móvel, mesmo que não seja lá esta maravilha toda, mas ajuda, a própria internet e a revolução que causou - não consigo mais imaginar a vida sem ela, e não lembro como era a minha vida antes dela existir, apenas não gostava do termo internet, até tê-la - o bluetooth, o 3D que começa aos poucos a desenvolver-se, os filmes chegando, as novas tv's digitais, etc etc etc.
Enfim, a cada dia uma nova surpresa para todos nós, umas que vem para melhorar, para ficar, outras que não, passageiras.

Já disse que não sou do ramo, falei por alto, então vocês que são, ao comentarem, continuem como se estivessem fazendo este meu post, e citem outras tecnologias.

Disse que não consigo mais imaginar a vida sem a internet, e não lembro como era a minha antes de tê-la, bem, antes de eu entrar para o mundo virtual, era mais ativo, mais ligado a vida, não ficava tanto tempo na frente de um computador, caminhava mais, saía na noite, apesar de ser mais jovem, e buscar estas alternativas, enfim não era tão caseiro como sou hoje, mas tudo muda.

Não admito que o mundo torne-se totalmente digital, de vez, apesar de amar a internet, mas sou ainda do papel, do caderno, do livro, do jornal, das enciclopédias, daquilo que folheamos, manuseamos.
Já imaginaram o que será do mundo numa falta de energia e com tudo socado em cds, dvds, hds, pen drives e por aí.
Depender de bateria, e se estragar a bateria, e se não tiver onde carregá-la, como carregá-la?
Por isto gosto da internet para navegar, mas não penso em substituir o que temos hoje por um mundo virtual.

Escrever num cadero, com caneta, fotografar e imprimir esta foto, ler um bom livro encadernado, nada depende de energia, e teremos para a vida toda ao passo que ainda está para nascer uma mídia segura que salve todos estes dados "para sempre".
Li na Info Exame, numa coluna, que uma turma de uma certa universidade resolveu trocar o livro anual por uma comunidade no Facebook.
Pra mim uma burrice histórica, e para o colunista também.

Abraços a todos, e ótima semana!



10 comentários:

A Madrasta Má disse...

Céus! muita burrice mesmo... será que eles queriam mídia? em certos aspectos sou antiga, gosto do físico, do tato, tbém poupo meu tempo virtual não deixo que a internet "roube" o tempo real com amigos, meus gatos, família! Bjinhos da Madrasta!

Gremista Fanático disse...

Fala cara, eu de tecnologia só entendo como usuário tambem, nada profissionalmente.
Já estou naquele nervosimo pre-jogo, queria ser como voce que só fica nervoso na hora do jogo, eu pelo contrário sofro antes e durante, rsrs. abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Maria Lúcia disse...

Oi
Esse mundo virtual
facilita muito a vida.
Não sei ficar sem esse
PC.
Se acabar tudo isso,
pego um guarda chuva
preto e uma mula e
vou pelo sertão a fora KKKKkkk...
Votei no blog da Lídia,
pra você.
Beijos...
Lúcia.

Denise disse...

As coisas antigamente eram mais simples, mas as vezes eu tenho a impressão de que éramos mais felizes... Saudosismo bobo? Sei lá ehehehe.. MAs confesso que sou uma escrava da internet sim, não me imagino mais ficando sem ela...
Bjsss

Luciana disse...

Oi Mauro
Tdo bem contigo?
Bjs
Lu

Janeisa Tomás disse...

Nossa trocar o livro pelo facebook!!! Que coisa louca!
Bjs
Janeisa

A Madrasta Má disse...

Olá querido, ainda bem que não estou só no desatino de dieta kkkkkkkkkkkk ri demais de vc! Passei muitas noites em claro na net e vi que este vício...................... ENGORDA KKKKKKKKKKKKKKK claro os lanchinhos né... brincadeirinha ficava à noite na internet e dormia no trabalho e fds inteiro e isso diminuiu minha qualidade de vida. Obrigada pelo voto e pelo carinho! Bjinhos da Madrasta!

Guilherme Palma disse...

em relação a internet como forma de comunicação eu me abstenho ao blog e e-mail somente. no máximo um recado pelo orkut vez ou outra.

Kira Mieko disse...

Oi lindo!
Concordo plenamente...
Vim mecher em um computador aos 14 anos de idade pela primeira vez...
E é claro que é maravilhoso poder ter acesso à tecnologia...
Mas nada se compara à um pique-pega, uma cabra-cega, pique-alto e coisas do tipo!
Adoro ver as crianças brincando...
Acho que a infancia é mais aproveitada, quando não damos esses luxos aos pequenos sem necessidade.
^^

Srta.Lua disse...

adoro tecnologia, principalmente se ela também se preocupa com o meio ambiente! :D

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...