sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Desrespeito

Nestes dias de ressaca de certos programas que via sempre aqui, e na falta de uma boa leitura, fico tentando ver bons filmes, e poucas são às vezes que os encontro, mas já que os canais de filmes só repetem os mesmos filmes, passei a olhar os canais de seriados, e de vez em quando sai um filme legal, mas quando vai para o intervalo, é um suplício, quase dez minutos de intermináveis propagandas, que chega a cansar.
Um deles é o Boomerang, da Net, aqui canal 57.

Olha a chamada deles para um filme, série, claro "... olhando assim eles tem mais segredos que o mensalão".

O que importa o que acontece no Brasil com uma chamada de filme da tv? Chega a ser ridículo.

O tempo do filme que é levado ao ar é contado, mas o comercial chega a dar raiva, não termina mais. 
Pensei que só o TNT fosse assim, mas que nada.
Sei que o comercial é o que sustenta muitas vezes um canal, uma programação, mas quando vai além da conta, quando ocupa mais espaço que o próprio programa, aí não dá.

Outra coisa que já deixei aqui, o tamanho da legenda do Telecine Premium, é brincadeira, não é? Por isto não assisto mais este canal, como opção outros na língua portuguesa, já traduzidos, ou que tenham uma legenda melhorada, que dê para ler melhor.

O aparelho Full HD da Net, não se enxerga nada, só de perto, se houvesse uma opção para aumentar a letra ou que fosse como o anterior, que qualquer um enxergava naturalmente, seria bem melhor.
Nem todos tem a minha preocupação, mas o certo é que algo precisa ser feito, e rápido.
Problemas de uns hoje, dos outros amanhã.

Cansei de reclamar destas coisas, mas este é o meu blog, e nele escrevo o meu desabafo, mas não vai dar em nada não, nem os canais da Net vão mudar por isto.

De olho nas legendas e na forma como vem sendo traduzidos os filmes levados ao ar. Só pode ser brincadeira tudo isto.


Nenhum comentário:

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...