domingo, 2 de dezembro de 2012

Despedida melancólica

O Grêmio traiu a sua torcida no último GreNal do estádio Olímpico, porque foi um time covarde e que não partiu para cima do rival para buscar o resultado no campo.
Não adianta culpar o árbitro, que apitou muito mal, porque o Grêmio teve noventa minutos para resolver, e foi um time pequeno diante do gigante que foi o Internacional, e que por boa parte do segundo tempo, jogou apenas com nove homens em campo.
O futebol do tricolor foi lateral, bola de um lado para o outro até enervar, os passes saíam errados e os chutes não passavam de balões, enquanto o Internacional era só pressão, mesmo que sem grandes conclusões, já em Minas Gerais, o Atlético Mineiro, adversário direto do Grêmio no Campeonato Brasileiro e a vaga direta da Libertadores, jogava bravamente.
Enquanto no clássico dos mineiros o Galo se empunha, no clássico gaúcho faltava emoção e quem buscava o resultado, no caso o Grêmio Football Porto Alegrense, decepcionou.
Nos dois últimos jogos e contra adversários renomados, o Galo bateu os dois e de virada, ou seja, não tomou conhecimento nem de Botafoto nem do Cruzeiro, e venceu seus jogos ao passo que o Grêmio venceu o rebaixado Figueirense, e resolveu entrar em férias antes do clássico deste domingo, e os jogadores foram ao Olímpico apenas para se despedir do estádio, triste, não é?
Pra mim foi. 
Eu não vi o time aguerrido do Grêmio em campo, juro que não, alguém viu?
Precisando ganhar, ir pra frente, buscar o gol, driblar, encarar o adversário no talento, preferiram aquele joguinho "de lado", porque da parte dos azuis não passou de um joguinhooooo, bem assim, e ainda no final aquele começo de confusão que não levou o Grêmio a nada.
Melancólico tudo isto.
Acho que o Olímpico chorou ao ver aquela camisa tão maltratada no último jogo do estádio.
Dá raiva, e sabem o porquê dá raiva? Porque sou tricolor, amo o Grêmio, sou apaixonado pelo Grêmio e no jogo de despedida do Olímpico, viu-se aquilo.
Durante todo o campeonato foram perfeitos, mas no último jogo ressucitaram o Internacional que vinha de quatro derrotas e fizeram dos jogadores vermelhos, heróis.
E foi-se o vice-campeonato e a vaga direta para a Libertadores, que ficou com o Atlético-MG, e tudo pela falta de explosão e vontade de quem esteve em campo.

Foi o que eu vi pela tv.     

Grêmio 0 X 0 Internacional 
Atlético 3 X 2 Cruzeiro

Na combinação de resultados, o Grêmio ficou com o terceiro lugar, o Atlético com o vice-campeonato e o Fluminense foi o campeão com três rodadas de antecipação.

Parabéns Fluminense, pelo título, Atlético-MG, pela vaga direta a Libertadores, e ao belo trabalho de Vanderlei Luxemburgo ao longo deste campeonato, mas cansei de ver os outros comemorarem e ao Grêmio sobrar lamentações.

E que venha 2013!

O Natal poderia ser melhor, mas vai ser vermelho porque só os vermelhos estiveram em campo. Nada mais a comentar.

Abraços aos amigos e boa semana!

3 comentários:

Karina disse...

Ai nem torço mais!!! Perdi a paciência!!! Sou palmeirense!

Meu time foi para a segundona, por que? Porque a diretoria não faz nada, só recebe salário. Jogadores não fazem nada, aliás fazem, tiram o técnico que não é amigo deles!!!! E dá nisso, segundona para nós!!!!

Já fomos 1 vez e não aprendemos a lição. Vamos de novo para lá. E se não aprender continuaremos lá. Até melhor pq dai os jogos serão pertinhos de mim e dará para eu assistir no estádio!!! (nunca fui num estádio assistir ao Palmeiras)

Bjos

Silvia C. disse...

Palmeiras 'caiu'....
Nem vejo mais futebol.

Boa semana :)

Luma Rosa disse...

Poxa! Que chateação!!
Que venha 2013 com mais sorte para o seu time!
Boa semana!!

Template

S empre é bom mudar a cara do blog de tempos em tempos, mas achei que os templates novos, aparentemente, do Blogger, fossem manter a aparên...